150 Guardiães da Criação se encontram em Roma com o papa Francisco

Alunos de Catânia participarão da audiência geral da próxima quarta-feira, 27 de novembro

Roma, (Zenit.org) Giuseppe Adernò | 366 visitas

Na quarta-feira da próxima semana, dia 27 de novembro, a audiência do papa Francisco terá como participantes mais de nove mil meninos e meninas Guardiães da Criação, vindos de toda a Itália.

A iniciativa foi promovida pela Fundação Sorella Natura [“Irmã Natureza”, ndr], que tem sede em Assis e que, através das delegações regionais, está presente em todo o território italiano.

Serão representadas todas as regiões do país, diz com satisfação o presidente da fundação, Roberto Leoni, que coordena o evento. O papa Francisco, desde os primeiros dias do seu pontificado, apoiou a defesa da criação. Os meninos Guardiães da Criação dão testemunho dessa atenção especial à educação ambiental e ao respeito pela natureza. O projeto educacional Ambientiamoci a Scuola [“Ambientemo-nos na Escola”, ndr], promovido pela Fundação Irmã Natureza, responde a esse desafio educativo específico.

Na audiência prévia, em 2011, os estudantes foram investidos pelo papa Bento XVI com o título de Guardiães da Criação. Nos últimos anos, eles puseram em prática projetos de educação ambiental de acordo com as regras da sábia ecologia própria do espírito franciscano.

A delegação regional da Sicília, liderada e coordenada por Giuseppe Adernò, organizou a viagem envolvendo estudantes das províncias de Catânia e Enna.

A delegação de Catânia, que inclui mais de 150 estudantes, será representada pelos jovens bedéis dos respectivos centros. Eles serão recebidos pessoalmente pelo papa Francisco.

A visita foi organizada a partir da composição de uma redação, cujo título foi "Por que o papa se chama Francisco". Muitos alunos aderiram à iniciativa. Os trabalhos mais significativos serão apresentados ao papa e alguns trechos serão lidos na Praça de São Pedro, durante a espera pela chegada do pontífice.

No final da audiência, todas as escolas presentes receberão uma muda de nogueira a ser plantada no jardim da escola durante a jornada de 29 de novembro, aniversário da proclamação de São Francisco como padroeiro da Itália.

A organização da viagem tem como centro das atenções a audiência papal, que terminará ao meio-dia de 27 de novembro, seguida por uma visita aos Museus Vaticanos e à Capela Sistina. A programação prevê ainda a visita institucional aos palácios do Quirinal, de Montecitorio e Madama, sedes, respectivamente, da Presidência da República Italiana, da Câmara dos Deputados e do Senado.

Momentos didáticos adicionais foram reservados aos alunos na visita à Exposição da Escola Italiana, no Ministério da Educação, intitulada "A História da Escola: do Livro à Tela Digital", bem como à exibição "Arquimedes: Arte e Ciência da Invenção", nos Museus Capitolinos.