A atenção da Igreja Católica às pessoas que sofrem e são vulneráveis ​​na Terra Santa

Delegação de bispos da Europa e da América do Norte em Belém

Roma, (Zenit.org) Redacao | 1067 visitas

O encontro organizado pelo Conselho das Conferências Episcopais em Apoio à Igreja da Terra Santa e da Assembléia dos Bispos Católicos da Terra Santa (Holy Land Coordination: HLC 2013) terá como tema central a atenção da Igreja Católica às pessoas que sofrem e são vulneráveis ​​na Terra Santa, “chamada Santa por várias tradições religiosas, e que interpela todos os cristãos a estarem sensíveis e atentos ao que está acontecendo lá”, afirma o comunicado divulgado pelo CCEE (Conselho das Conferências Episcopais da Europa).

No início do encontro, domingo 6 e segunda-feira 7 de janeiro, a delegação visitará os refugiados iraquianos e sírios na Jordânia. Nos dias seguintes, os participantes serão informados sobre a situação na Terra Santa, por parte de Sua Beatitude Fouad Twal, patriarca latino de Jerusalém e do núncio apostólico, o arcebispo Giuseppe Lazzarotto.

Sucessivamente, será confrontado o tema do encontro através da colaboração de representantes de várias organizações cristãs, o foco dos participantes será a situação dos refugiados africanos, e filipinos e trabalhadores cristãos na prisão.

O padre Remery Michel, vice-secretário-geral do CCEE, e o dr. Thierry Bonaventura, da assessoria de comunicação do CCEE, serão representantes do Conselho das Conferências Episcopais da Europa, como testemunho da proximidade da Igreja na Europa com os cristãos na Terra que viu o nascimento, morte e ressurreição de Jesus.

Os dias serão marcados por vários momentos de oração, celebração diária da Eucaristia, encontro com as comunidades locais e bispos católicos dos diversos ritos, estudantes da Universidade de Belém e autoridades locais.

A visita terminará na sexta-feira 10 de janeiro em Jerusalém com uma celebração no Santo Sepulcro e uma conferência de imprensa no Patriarcado Latino de Jerusalém.