A dor do Papa pelos peregrinos da JMJ envolvidos em grave acidente na Guiana Francesa

Ônibus que transportava um grupo de jovens da França colidiu com um caminhão causando a morte de uma jovem de 21 anos

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 681 visitas

O Santo Padre, através do Secretário de Estado, Cardeal Tarcisio Bertone, enviou um telegrama de condolências a Dom Emmanuel Lafont, bispo de Cayenne (Guiana Francesa) pelo grave acidente ocorrido  ontem, quarta-feira, perto de Kourou, que causou a morte de uma jovem e cinco feridos graves.

O ônibus  transportava um grupo de participantes da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. A vítima era uma menina jovem parisiense de 21 anos.

No telegrama lê-se que o Pontífice se associa de todo o coração ao sofrimento da família afligida pela perda da jovem, aos responsáveis do grupo e dos organizadores. O Papa assegura-lhes a sua oração e exprime a sua proximidade em relação aos feridos, socorrista, e todas as pessoas que os circundam. Em jeito de conforto, o Papa dirige também uma Bênção Apostólica a todas as pessoas tocadas por esta tragédia.