A fé deve orientar o olhar e o agir do cristão

Bento XVI em audiência com os membros da Associação Pro Petri Sede

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 1609 visitas

O Santo Padre Bento XVI recebeu esta manhã, na Sala dos Papas, os membros da Associação Pro Petri Sede, vindos da Bélgica, de Luxemburgo e dos Países Baixos.

A Associação Pro Petri Sede fornece ajuda econômica para as necessidades da Santa Sé.

O papa disse, em seu discurso, que o Ano da Fé "nos convida a uma autêntica conversão a nosso Senhor Jesus Cristo, o único Salvador do mundo. Aceitando pela fé a revelação e o amor salvífico de Deus em nossa vida, toda a nossa existência é chamada a inspirar-se na novidade radical apresentada ao mundo pela Ressurreição de Cristo. A fé é uma realidade que devemos constantemente descobrir e aprofundar, para que possa crescer".

A fé, concluiu o papa, "deve orientar o olhar e o agir do cristão, porque é um novo critério de inteligência e de ação que muda toda a vida do homem. Como tive a oportunidade de dizer na Carta Apostólica Porta Fidei, o Ano da Fé é uma ocasião propícia para intensificar o testemunho da caridade. A fé sem a caridade não dá frutos e a caridade sem a fé é um sentimento à mercê constante da dúvida. Fé e caridade são necessárias uma à outra, de modo que uma permite que a outra siga o próprio caminho".