"A fome existente não é algo natural"

Mensagem final da XIX Assembleia Nacional da Rede Cáritas

Brasília, (Zenit.org) Redacao | 476 visitas

Terminou na tarde deste domingo (20), a XIX Assembleia Nacional da Rede Cáritas. Prevista para ser lançada em dezembro deste ano, a Rede Cáritas Internacional prepara uma campanha mundial contra a fome a pobreza. Foi com vistas a esta grande mobilização que a Cáritas Brasileira debateu temáticas relacionadas às realidades da fome e da pobreza no Brasil e no mundo. O evento, que ocorreu em Brasília (DF), reuniu 216 agentes de todo o país e culminou em uma mensagem final que partilha os resultados das reflexões e os novos compromissos com agentes pastorais, pastorais sociais e entidades parceiras e com todas as pessoas comprometidas na luta em favor de um mundo sem fome e sem pobreza. 

"A fome existente não é algo natural. É fruto da concentração da propriedade da terra, da riqueza gerada e da renda em mãos de uma minoria cada dia menor e que usa seu poder para concentrar ainda mais. É fruto também da submissão dos governantes das nações aos interesses dessa minoria em nome de um progresso que só destina migalhas para os direitos das pessoas. Sendo a pobreza causada pela concentração da riqueza, ela somente será superada com uma profunda transformação estrutural da sociedade e com a distribuição dessa riqueza com critérios de justiça e de igualdade em relação ao direito à vida na Terra."

Para ler a mensagem na íntegra CLIQUE AQUI

(Red.Caritas com Red.ZENIT/T.S.)