A JMJ Rio 2013 será maior do que qualquer outro evento

Divulgados os locais onde o Papa encontrará os jovens no Rio de Janeiro

| 1984 visitas

Por Maria Emília Marega

RIO DE JANEIRO, sexta-feira, 01 de junho de 2012(ZENIT.org) – Dom
Orani recebeu hoje os jornalistas para uma coletiva de imprensa sobre
a escolha dos locais onde o Papa Bento XVI  encontrará os jovens de
todo o mundo durante a Jornada Mundial da Juventude que acontecerá na
cidade do Rio de Janeiro entre 23 e 28 julho de 2013. “Consultamos
grupos e empresas especializadas para saber exatamente os melhores os
locais para abrigar bem os Atos Centrais da Jornada. Recebemos também
a autorização, tanto da prefeitura municipal, como também do governo
federal”, afirmou o Arcebispo.

O presidente do Comitê Organizador Local (COL) e arcebispo do Rio, Dom
Orani João Tempesta, acompanhado dos vice-presidentes e bispos
auxiliares do Rio, Dom Antonio Augusto Dias Duarte e Dom Paulo Cezar
Costa, esteve em Roma entre os dias 30 e 31 de maio para se reunir com
o Comitê Organizador Central, o Pontifício Conselho para os Leigos
(PCL), para tratar dessa questão.

“Iniciaremos os Atos Centrais sob a proteção de Maria – na Praia de
Copacabana, que leva esse por causa de dela (Nossa Senhora de
Copacabana) –nesse local que já tem tradição de grandes eventos para o
Rio de Janeiro e terá o privilégio de abrigar esses momentos e acolher
jovens do mundo inteiro”, destacou Dom Orani.

No mesmo local será feita a cerimônia de acolhida do Santo Padre,
Bento XVI, prevista para quinta-feira e a Via-Sacra, na sexta-feira

Para a vigília e missa de envio com o Papa os jovens se reúnem desde a
tarde de sábado até a manhã de domingo, quando se encerrará a Jornada
(28 de julho de 2013) na Base Aérea de Santa Cruz.

A Arquidiocese do Rio de Janeiro conta com a assessoria da Dream
Factory, empresa especializada na produção de grandes eventos como o
Rock in Rio que reuniu mais de 5 milhões de pessoas em nove edições,
sendo três realizadas no Brasil, quatro em Portugal e duas na Espanha
e o Carnaval de Rua da prefeitura do Rio de Janeiro com seus 425
blocos. A empresa auxilia na estruturação da JMJ como evento e também
na parte comercial, na captação de patrocínios.

Duda Magalhães, diretor geral da Dream Factory, que acompanhou o
Comitê Organizador Local da JMJ RIO 2013 durante a Conferência
Internacional dos Delegados da JMJ, em Rocca de Papa, organizado pelo
Pontifico Conselho para os Leigos, contou à ZENIT sobre o planejamento do evento.

ZENIT:Existe diferença entre um evento religioso e um evento secular?
A gente faz eventos esportivos, maratonas, campeonatos brasileiros,
mundiais de kitesurf onde o protagonista é o atleta; fazemos eventos
de entretenimento onde o protagonista é o artista, você contrata
Bjork, U2. Mais do que contratar, você lida com estas pessoas. O
evento religioso tem suas particularidades, você lida com a comunidade
religiosa que tem uma linguagem própria, seu modo de pensar. Cabe não
ao atleta, ao artista ou ao religioso, mas a nós adaptarmos. Se você
consegue preservar este mindset na sua equipe, na forma de conduzir,
não tem diferença.

ZENIT:Como é este diálogo?
Os contatos diretos que nós temos são pessoas, religiosos, religiosas,
padres, muito abertos e dispostos a ouvir, a interagir, a aprender com
a nossa experiência. Vamos nos deparar com problemas naturais como em
qualquer outro evento. Os problemas que podem surgir não serão
atribuídos ao diálogo do leigo com o religioso.

ZENIT:Quer dizer que podemos esperar da JMJ RIO 2013 um grande evento
como são os grandes Shows?
Sem dúvidas! Obviamente, respeitando as devidas particularidades, mas
eu diria que não é tão grande quanto, mas é muito maior do que
qualquer outro evento somado até hoje.

ZENIT:Quantas pessoas vocês estão esperando para este evento?
Aprendemos que o público vai chegando, começa na terça-feira com um
público menor e vai crescendo com o pico na Missa de Envio. A Jornada
não tem limites de volume e nem de tempo, então, estabelecemos a
premissa de 2,5 milhões.

ZENIT: Alguém da sua equipe já participou da Jornada Mundial da Juventude?
Não. Dentro do nosso time não, mas da equipe Artplan tem. Mas, agora!
Quando o Papa anunciar a próxima Jornada, todo mundo já vai comprar a
passagem.