"Acolhamos a Palavra com a alegria do Espírito Santo"

36ª Convenção Nacional dos Grupos e Comunidades da Renovação Carismática na Itália acontece de 25 a 28 de abril em Rimini

Roma, (Zenit.org) | 712 visitas

"Acolhamos a Palavra com a alegria do Espírito Santo" (cf. 1 Ts 1,6) será o lema da 36º Convenção Nacional dos Grupos e Comunidades da Renovação Carismática (RC) da Itália, em resposta ao convite do papa Bento XVI: "...E continuem a testemunhar a alegria da fé!".

O encontro nacional mais importante da RC no país, durante este Ano da Fé, começa na tarde desta quinta-feira, 25 de abril, e vai até domingo, 28, na Feira de Rimini.

A programação dos quatro dias, disponível em www.rns-italia.it, prevê momentos de oração em comum, celebrações eucarísticas, liturgias penitenciais, confissão sacramental, oração de invocação do Espírito sobre jovens, famílias, indivíduos e sacerdotes, adoração em comunidade com animação espiritual da "Sarça Ardente" para consolação, libertação e cura, oração pelas Igrejas perseguidas, depoimentos, relatos, encontros de testemunho e evangelização para jovens, famílias e sacerdotes.

Entre os muitos convidados esperados estão o cardeal Vinko Puljic, arcebispo de Sarajevo; dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização; dom Vincenzo Paglia, presidente do Pontifício Conselho para a Família; dom Francesco Lambiasi, bispo de Rimini; dom Santo Marcianò, arcebispo de Rossano-Cariati, e o pe. Raniero Cantalamessa, pregador da Casa Pontifícia.

Especial presença no encontro será a do bispo auxiliar e pró-vigário da diocese de Buenos Aires, dom Eduardo Horacio García, que trabalhou durante dez anos com o então cardeal Jorge Mario Bergoglio, agora papa Francisco. Dom García fará um relato inédio da história do papa: "Do padre Bergoglio ao papa Francisco", traçando o perfil humano, espiritual e social daquele episcopado.

Espaços significativos de liderança estão reservados para os jovens, para as famílias e para os sacerdotes, com sessões dedicadas a enfatizar o seu papel social e eclesial e o seu novo protagonismo no tocante à "nova evangelização". Será dada especial atenção também às Igrejas perseguidas, com a presença de testemunhas da Síria, do Iraque, do Egito, da Nigéria e da Eritreia.

De acordo com a tradição, os anfitriões da convocação serão o presidente nacional da RC, Salvatore Martinez, responsável pelas conclusões da convenção; o coordenador nacional da RC, Mario Landi; a diretora Marcella Reni; o conselheiro espiritual nacional da RC, pe. Guido Pietrogrande, sdb; e os membros do Comitê Nacional de Serviço e do Conselho Nacional da RC.

O Serviço Nacional de Música e Canto, orquestra sinfônica rítmica com coro polifônico de cerca de cem membros, animará as várias sessões a fim de envolver ativamente os participantes nos momentos de oração e nas celebrações.

Em paralelo ao congresso "para os adultos", haverá três encontros infanto-juvenis: Bebês, Crianças e Jovens, divididos pelas faixas etárias de 3 a 5, de 6 a 10 e de 11 a 14 anos.

“O encontro”, declara Martinez, “será uma grande oportunidade para enfatizar a alegria de toda a Igreja pela recente eleição do papa Francisco. O sofrido e audaz ato de renúncia de Bento XVI trouxe profeticamente um grande derramamento do Espírito Santo no mundo inteiro. Nossa 36ª Convenção Nacional fala de alegria, de uma alegria especial, divina, que não conhece a morte. É a alegria do Senhor Jesus, que está faltando em nosso mundo, animado por tristes paixões e necessitado de uma verdadeira renovação! É a alegria de Jesus vivo e operante, que dá brilho à fé na Igreja e promove a "nova evangelização". Bento XVI abriu de par em par, diante de nós, as portas da fé: agora, nós as cruzamos com a passagem amorosa do papa Francisco. Na convocação de Rimini acontecem e se repetem todo ano sinais extraordinários de conversão e de cura, de consolo e de libertação. Voltam a florescer e a brotar o Evangelho nos lábios dos homens, os carismas em atividade na história, a paixão no serviço de todos os homens. Grande espaço será reservado à oração: nada muda a história e resolve as crises espirituais mais do que a oração. O programa deste ano terá páginas de extraordinária atualidade. Os protagonistas são jovens, famílias, sacerdotes, mas também as testemunhas das Igrejas perseguidas da Ásia e da África, para lembrar às pessoas que a força que vence o mundo é a fé!”.

A Convenção Nacional italiana dos Grupos e Comunidades da RC poderá ser acompanhada, na Itália, pelo canal Telepace e pela Rádio Maria.