Compartilhe este artigo

Aforismo de quinta-feira, 20 de setembro

"Aquele que já não consegue maravilhar-se, ficar arrebatado pela admiração, é como se estivesse morto" Albert Einstein (1879–1955)