África: um milhão de crianças desnutridas

Crise de alimentos se agrava no Sahel

| 1118 visitas

GENEBRA, Suíça, quinta-feira, 19 de julho de 2012 (ZENIT.org) – A região do Sahel, no norte da África, tem um milhão de crianças gravemente desnutridas à espera das ajudas indispensáveis para a sua sobrevivência.

A informação, que tende a apresentar números ainda piores por causa da crise do norte do Mali, foi confirmada pelos mais recentes informes internacionais e reforçada nesta terça-feira por um comunicado da organização Médicos sem Fronteiras.

Trata-se do número mais alto já registrado na história.

Neste ano, todos os países do Sahel mais atingidos pela desnutrição desenvolveram um ambicioso plano preventivo de resposta à emergência, mas, de acordo com muitos observadores, esta não pode ser a única opção em andamento. É necessário considerar a luta contra a desnutrição como um problema de saúde pública e como uma prioridade política e social. A resposta deve ir além da situação de emergência e promover soluções de longo prazo.

(Tradução:ZENIT)