América Latina descobre «rostos sofredores de Cristo nas prisões»

VI Encontro Latino-Americano e do Caribe de Pastoral Penitenciária

| 754 visitas

Por Nieves San Martín

SANTO DOMINGO, sexta-feira, 21 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- Nos próximos dias 24 a 28 de novembro, acontecerá em Santo Domingo, na Casa de São Paulo, o VI Encontro Latino-Americano e do Caribe de Pastoral Penitenciária. Os assistentes de toda a América Latina propõem melhorar seu serviço aos «rostos sofredores de Cristo» nos sistemas penitenciários do território. 

Em uma coletiva de imprensa, na sala da Conferência Episcopal Dominicana em que se apresentou este evento, estiveram presentes agentes de pastoral penitenciária da República Dominicana: Frei Aristides Jiménez Richardson, coordenador nacional de Pastoral Penitenciária; Roberto Santana, diretor da Escola Nacional Penitenciária; diácono Hector Cruz Berroa, auxiliar do capelão da Prisão Pública da Victória, diácono José Antonio Henriquez, superior da Casa do Redentor Raimundo Nonato. 

Até hoje se realizaram cinco encontros deste tipo em Bogotá (Colômbia), Caracas (Venezuela), Cidade do Panamá (Panamá), Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) e San Juan de Porto Rico (Porto Rico). 

O encontro – informa à Zenit Jay Vanessa Díaz Gneco, encarregada da Unidade de Comunicações e Relações Públicas do evento – é organizado pelo Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latino-Americano (DEJUSOL - CELAM), em coordenação com a Conferência Episcopal Dominicana, através da Comissão Nacional de Pastoral Penitenciária. 

O objetivo é «elaborar linhas comuns da Pastoral Penitenciária da América Latina, à luz do Documento de Aparecida e dentro do contexto de Missão Continental, visando a elaborar um guia que oriente este serviço de atenção aos rostos sofredores de Cristo nas estruturas de nossos sistemas de justiça e prisionais». 

A Pastoral Penitenciária, indicam os organizadores, «adverte sobre a urgência da articulação desta importante ação da Igreja, para uma mais efetiva incidência nos âmbitos de decisão no tema penitenciário de nossos países». 

O VI Encontro de Pastoral Penitenciária será objeto de reflexão de «O perfil da pastoral Penitenciária nos novos contextos da América Latina e do Caribe», a cargo do Frei Aristides Jiménez, coordenador nacional da Pastoral Penitenciária, fundador das Casas do Redentor da República Dominicana. 

Outros temas serão: «Espiritualidade da Pastoral Penitenciária», «Humanização e dignidade dos presos», «Missão da Pastoral Penitenciária dentro do Contexto da Missão Continental», «Metodologia de trabalho da Missão da Pastoral Penitenciária», «Método Alpha nas prisões», entre outros.