Amigos do Caminho de Santiago peregrinam com charretes de Assis a Roma

O Papa receberá os peregrinos em Castel Gandolfo

| 1453 visitas

ROMA, quinta-feira, 20 de agosto de 2009 (ZENIT.org).- Cerca de 100 salmantinos da associação Amigos do Caminho de Santiago, juntos a outra centena de pessoas, estão realizando, desde o dia 10 de agosto, uma peregrinação entre Assis e Roma, percorrendo a pé 225 quilômetros.

A peregrinação, que se realiza em charretes empurradas por burros e mulas, será recebida pelo Papa Bento XVI na residência pontifícia de Castel Gandolfo, a cerca de 30km de Roma.

Um dos objetivos da peregrinação por um dos velhos caminhos europeus é “reivindicar a importância dos caminhos da Europa na construção da cultura ocidental”, informa a Zenit Juan Carlos López Pinto, membro da associação de Amigos do Caminho de Santiago, de Salamanca.

Durante a peregrinação, foram realizadas oficinas com as pessoas de cada uma das charretes, arrastadas por 14 burros e mulas.

A expedição está composta por 10 charretes temáticas: apóstolo Tiago, Crianças, São Pedro, Música, São Paulo, Cultural, Virgem Peregrina, Meio Ambiente, Solidário e Comércio.

O Acampamento Arrieiro pretende aprofundar em aspectos culturais, ambientais, monumentais e religiosos do Caminho de São Francisco, entre Assis e Roma, rota que as administrações e companhias de transporte público italianas pretendem potencializar.

Junto aos salmantinos, participam outros 100 peregrinos de diferentes regiões da Espanha e de outros países europeus.

No Acampamento Arrieiro também está presente um grupo de crianças entre 2 e 12 anos.

À sua passagem pelos povoados e cidades italianas, os participantes desta comitiva usam roupas que recordam os antigos arrieiros e ofícios tradicionais.

Os participantes se propõem a difundir o Caminho de Santiago, já que a chegada a Roma será apresentada no Xacobeo 2010.

Também reivindicarão o Caminho de São Francisco ou da Luz (entre Assis e Roma).