Amor misericordioso de Deus: proposta a e-peregrinos da Jornada da Juventude

O grande encontro do Papa com a juventude do mundo em Sydney (Austrália) em 2008

| 975 visitas

SYDNEY, segunda-feira, 25 de junho de 2007 (ZENIT.org).- Conhecer «o Deus do grande coração», Aquele cujo amor misericordioso é real e está definido «na compaixão do ‘Deus-feito-homem’ no Sagrado Coração de Jesus»: é a proposta deste mês para os jovens que peregrinam «virtualmente» para Sydney (Austrália), onde se celebrará a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 2008.



A devoção da Igreja ao Sagrado Coração de Jesus, meta da última edição da e-PEREGRINAÇÃO («e-Pilgrimage») ou peregrinação «on-line», é um instrumento novo nas JMJ para chegar aos jovens peregrinos e prepará-los para o grande encontro de fé e festa com o Papa.

Para viver esta experiência, a e-PEREGRINAÇÃO deste mês se lança com o versículo do Evangelho de João (7, 38): «De seu interior brotarão rios de água viva...».

«Não somos simplesmente espíritos»; «a dimensão física, visível e sacramental da vida tem a mesma importância que a dimensão espiritual, intelectual e invisível», aponta em sua habitual «Mensagem de Esperança» aos jovens o bispo Anthony Fisher O.P. -- coordenador do evento.

«Quando vemos Cristo na Eucaristia ou na cruz ou em uma estampa e falamos com Ele», «encontramos o Deus que compartilhou nossos sofrimentos para que pudesse compartilhar sua alegria conosco. O Deus que está ao nosso lado. O Deus com o grande coração», confirma.

O prelado propõe contemplar o testemunho da doutora da Igreja Santa Catarina de Sena (1347-1380), «uma jovem normal em quem Deus fez maravilhas», constata.

Catarina experimentou e insistiu em que «desde toda a eternidade, Deus está louco de amor por cada um de nós», e «é esse amor enlouquecido o que nos dá o ser»; «a manifestação mais perfeita desse amor foi quando derramou seu sangue por nós», recorda o bispo Fisher.

Cheia de amor «pelo grande coração compassivo de Cristo», a jovem Santa Catarina «escreveu muito sobre o Sangue Precioso que emanou do coração e do lado de Cristo e que salva o mundo, apaga as mentiras e a maldade, nos dá nova esperança e é recebido por nós na Eucaristia», acrescenta.

O núcleo da fé cristã, de fato, «é a realidade do amor íntimo e sem limites de Deus por nós, encarnado definitivamente em Jesus Cristo, Deus e homem», afirma a seção «Fundamentos de fé» do boletim.

«Este mistério, que em sua plenitude transcende nossa capacidade intelectual -- explica-se --, foi rezado e meditado pelos cristãos desde tempos muito antigos, no sagrado símbolo do lado aberto e das outras feridas de Jesus e no Coração transpassado de Jesus.»

Uma forma prática de contemplá-lo é rezando o «Terço da Divina Misericórdia» -- que a e-PEREGRINAÇÃO propõe, devoção que começou a difundir-se através da religiosa polonesa Faustina Kowalska, canonizada por João Paulo II.

Em «Escritos Inspirados», a peregrinação virtual retoma a mensagem do Papa da Quaresma passada, na qual se lê: «Contemplar ‘Aquele que transpassaram’ nos levará a abrir o coração aos outros, reconhecendo as feridas infligidas à dignidade do ser humano».

Para aprofundar neste e em outros temas, e conhecer a forma de rezar o Terço da Divina Misericórdia, basta descarregar no próprio computador o boletim (em formato «pdf») de junho de e-PEREGRINAÇÃO, clicando em http://www.wyd2008.org/index.php/es/content/download/62682/541356/file/ePILGRIMAGE_June_2007_edition_es.pdf.

De 15 a 20 de julho de 2008, a cidade de Sydney acolherá a JMJ, que reunirá jovens de todo o mundo em torno do Papa. Espera-se meio milhão de peregrinos nesta primeira visita de Bento XVI à Austrália.

«Recebereis a força do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas» (Atos 1, 8) é o lema escolhido para a convocatória.

Mais informação e inscrições no site plurilíngüe da JMJ’08: www.wyd2008.org.