Anunciar a alegria de ter sido escolhido para “grande missão” sacerdotal

Indicação do arcebispo do Rio de Janeiro ao final do Ano Sacerdotal

| 1192 visitas

RIO DE JANEIRO, segunda-feira, 14 de junho de 2010 (ZENIT.org) - O arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, deseja que o encerramento do Ano Sacerdotal – evento que foi a maior concelebração da história de Roma, sexta-feira passada – inspire cada padre a anunciar a “alegria de ter sido escolhido para tão grande missão”.

“Quantos bons exemplos nós temos de padres que dão testemunho de fé e com o seu entusiasmo contagiam a sua comunidade paroquial! Sou testemunha disso em minhas missões a mim confiadas pela Igreja e agora, através das visitas, no conhecimento das realidades da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro”, escreve o prelado, em artigo enviado a ZENIT hoje.

Dom Orani assinala: “devemos dar graças a Deus por todos aqueles que a cada dia, pelo seu testemunho, fazem reinar Cristo no mundo”.

“Nestes tempos de dificuldades, que costumam ser bem salientadas e difundidas de maneira global, mas também de grandes generosidades e santidade, pouco conhecidas e divulgadas, o Espírito Santo nos tem dado respostas belíssimas com as vocações que afluem aos nossos seminários e com presbíteros animados pelo Espírito Santo animados como discípulos missionários consagrando toda a vida ao serviço do Senhor.”

Durante a viagem a Roma para o encerramento do Ano Sacerdotal, o arcebispo reconhece que encontrou em muitos presbíteros “a alegria do chamado, da entrega da vida e a busca de testemunhar a beleza do seguimento de Jesus Cristo”.

“São tempos em que o Espírito Santo faz brotar no coração destes homens de Deus o desejo de continuar vivendo alegremente suas vidas consagradas e anunciar ao mundo a alegria de ter sido escolhido para tão grande missão”, afirma.

“Agora continuamos a testemunhar Jesus Cristo na história, e cada um de nós é corresponsável para levar adiante aquilo que vivemos e celebramos! O tempo de oração, intercessão, testemunho continua ainda mais intenso e com ânimo renovado”, destaca Dom Orani.