Apelo do cardeal Martino por um condenado à morte no Texas

| 670 visitas

ROMA, sexta-feira, 7 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- O cardeal Renato R. Martino, presidente do Conselho Pontifício «Justiça e Paz», lançou esta sexta-feira um apelo em favor de um condenado à morte no Texas, Joseph Lave, de 42 anos.



O pedido por Lave, há 13 anos no corredor da morte, ressoou no XII Congresso Internacional de Pastoral Carcerária, que se celebra em Roma.

O purpurado italiano pediu que as autoridades do Estado norte-americano salvem a vida do prisioneiro ou que ao menos suspendam a execução para que o processo possa ser revisado.

O presidente do Conselho vaticano sublinhou a «inumanidade e a inutilidade da pena de morte» e constatou que «empobrece a sociedade que a legitima e a pratica», entre outras coisas, porque não deixa possibilidade de reabilitação para os condenados.

Marino apoiou uma campanha promovida pela Comunidade de Sant’Egídio, movimento eclesial, para salvar a vida de Joseph Lave.