Arcebispo do Rio de Janeiro reuniu-se com o Papa

Presenteou-lhe alguns símbolos da Jornada Mundial da Juventude

Roma, (Zenit.org) Sergio Mora | 523 visitas

Quando faltam apenas dois meses para o começo da Jornada Mundial da Juventude, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom João Orani Tempesta, e a secretaria executiva do Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude RIO2013 tiveram hoje uma audiência com o Papa Francisco no Vaticano.

Dom Orani presenteou-lhe o Kit do Peregrino, e alguns símbolos da Jornada, e conversou com o Papa sobre a programação do evento que se realizará do 23 ao 28 de Julho.

Juntamente com o Arcebispo do Rio estiveram na audiência, onde se falou em português e o papa em espanhol, e se entenderam sem problemas, mons. Joel, dom Paulo Cesar, dom Antonio e dom Roque, que formam parte da comitiva que partiu do Rio de Janeiro nesta quarta-feira e que hoje à noite voltou ao Brasil.

O de hoje foi o primeiro encontro do arcebispo do Rio e do comitê organizador com o novo Papa.

Durante o encontro dom Orani presenteou ao santo padre uma estátua pequena, de uns 40 centímetros, esculpida em pedra, da famosa imagem do Cristo Redentor que coroa a cidade do Rio de Janeiro a partir do Corcovado. Também foi entregue uma camiseta que será usada pelos participantes, com os símbolos da JMJ, e dos demais objetos do Kit do peregrino, o CD com as música e algumas publicações sobre o tema.

Em entrevista concedida à Rádio Vaticano, o arcebispo disse que os presentes foram para colocar o papa no clima da JMJ, e para conversar um pouco sobre o que vai acontecer, sobre a juventude do mundo e a expectativa do encontro com o Santo Padre no Rio de Janeiro.

Também indicou que queriam trazer ao Papa “o abraço da cidade do Rio, do Comitê Organizador e “mostrar-lhe o calor humano com o qual queremos recebê-lo”. Além de manifestar-lhe a alegria de ter um Papa Latino-americano que preside a segunda JMJ na América Latina.