Arcebispo pede união de esforços entre Igreja e meios de comunicação

Dom Orani Tempesta, em assembléia das organizações de rádios católicas do Brasil

| 1171 visitas

CURITIBA, quarta-feira, 21 de novembro de 2007 (ZENIT.org).- O presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) chamou Igreja e meios de comunicação a unirem esforços.



Dom Orani João Tempesta, arcebispo de Belém, falou na manhã dessa quarta-feira, no contexto da assembléia das organizações de rádios católicas do Brasil, realizada pela Unda Brasil e a Rede Católica de Rádio (RCR).

Segundo informa a assessoria de imprensa da CNBB, o evento abriu essa terça-feira, em Curitiba (Paraná), com a presença de cerca de 70 representantes das rádios católicas de todo o país. Com o tema «Identidade e formas de participação», a assembléia pretende debater a responsabilidade social da Igreja e dos meios de comunicação.

Nesse contexto, Dom Orani Tempesta chamou a uma maior sintonia entre a Igreja e os meios de comunicação.

Segundo o arcebispo, a fase de incompreensão nas relações entre ambos já foi superada. «A sintonia entre Igreja e meios melhorou muito. Precisamos conjugar esforços porque, desunidos, não conseguiremos nada», disse.

Essa unidade, na opinião de Dom Orani, pode vir com a criação da Signis Brasil, uma organização que pretende reunir todos os meios de comunicação da Igreja Católica a partir da fusão da Unda Brasil, que congrega as rádios católicas, e da Organização Católica Internacional de Cinema (OCIC).

Passos já foram dados nessa direção pelas duas entidades e, nessa assembléia, será efetivada a criação da nova organização que já existe em nível internacional.

«Nesta assembléia, a Unda e a RCR reúnem seus associados para olhar os passos que já foram dados. Vamos dar um passo a mais que é a criação da Signis agrupando rádios, TVs, imprensa e portais de internet. Esse pode ser um caminho para a unidade de nossos meios», afirmou.

Durante a assembléia, que se estende até o dia 23, os participantes ainda debaterão sobre o rádio digital e elegerão a nova diretoria da Unda e da RCR.

Criada há 31 anos, a Unda Brasil reúne 198 emissoras católicas das cerca de 230 existentes. Já a Rede Católica de Rádios, fundada há 13 anos, se destaca pelo jornalismo transmitido em cadeia por 90 emissoras além de outras atividades.

(Com CNBB)