Argentina: milhares de fiéis em jejum e oração contra o flagelo das drogas

Conferência Episcopal Argentina convoca jornada de oração, adoração eucarística e marchas pela vida

Roma, (Zenit.org) Redacao | 299 visitas

Fiéis católicos e pessoas de boa vontade em toda a Argentina participaram da jornada de oração e jejum contra o “flagelo das drogas”, convocada pela Conferência Episcopal Argentina em todas as dioceses do país, neste último sábado.

Catedrais, santuários, paróquias e capelas tiveram missas por essa intenção, que incluiu preces pelas pessoas dependentes químicas e pelas que morreram devido ao uso de drogas. Houve adoração eucarística, marchas pela vida e orações pedindo que Deus ilumine as autoridades responsáveis pelo combate ao narcotráfico. 

Na catedral de Buenos Aires, em meio aos muitos momentos de oração dos quais participou também o arcebispo dom Mario Poli, os fiéis foram chamados “ao compromisso e à solidariedade” com as vítimas das drogas. 

Na cidade de Rosário, o arcebispo dom José Luis Mollaghan pediu especial atenção aos dependentes químicos. Pacientes recuperados deram seu testemunho relatando o que significa “enfrentar este mal com esperança”. 

O gesto penitencial é a primeira ação concreta para acompanhar a “preocupação” eclesiástica, manifestada há um mês na declaração "O drama da droga e do narcotráfico".