Argentina: trinta anos de comunidades familiares de apoio mútuo

"Hogares Nuevos" celebrou seu aniversário inspirado no beato João Paulo II

| 724 visitas

Por D.N.R.

SAN LUIS, terça-feira, 30 de outubro de 2012 (ZENIT.org) – A obra "Hogares Nuevos" celebrou seu trigésimo aniversário nos dias 26, 27 e 28 de Outubro, na província de San Luis, na Argentina. Participaram o secretário do Conselho Pontifício para a Família Jean Laffitte; da Espanha o arcebispo de Granada,  Javier Martínez, e o fundador do movimento padre Ricardo Facci.

Com atividades desenvolvidas em diversas cidades próximas à capital provincial, o encontro do movimento eclesial, com presença na América Latina e Europa, incluiu foros de debate, exposições e um festival, que serviram para distinguir os membros dos diversos países.

O começo das jornadas foi marcado por uma missa de inauguração que presidiu o bispo local Pedro Daniel Martínez, na Igreja catedral de São Luis, na sexta-feira, dia 26 de Outubro.

Na manhã do sábado 27, começaram as conferências e fóruns para adultos, enquanto que as crianças e adolescentes puderam desfrutar das atividades recreativas e educativas.

Em suas palavras de saudação, o bispo anfitrião destacou a importância do matrimônio citando passagens das Sagradas Escrituras. Cedeu a palavra para o secretário do Pontifício Conselho para a Família, mons. Jean Laffitte, que descreveu o contexto cultural em que a família tem que viver. O prelado francês disse que o relativismo ético está profundamente enraizado na família de hoje.

Também falaram a senadora Liliana Negre de Alonso, a diretora do Instituto de Matrimônio e Família da Universidade Católica da Argentina Zelmira Bottini de Rey, e o arcebispo de Corrientes Andrés Stanovnik, presidente da Comissão Episcopal para os Leigos e a Família, que recuperou especialmente o valor dos leigos na missão específica de evangelizar através da família.

Os "Hijos de Hogares Nuevos”, ramo juvenil do movimento, tiveram suas próprias atividades por idades: as crianças de 8 a 10 anos encheram-se do carisma da organização; aqueles de 11 e 12 anos escutaram uma palestra intitulada "Somos a fibra de um tempo que vem"; os de 13 e 14 anos compartilharam a reflexão: “Somos o sal e a luz”, e os adolescentes de 15 e 16 anos meditaram no lema “Somos Filhos de Hogares Nuevos”.

O governador de San Luis, Claudio Poggi, participou na tarde de sábado, na atividade esportiva, e disse que "o órgão vital de uma sociedade é a família."

Fundado pelo sacerdote missionário Ricardo Facci, Hogares Nuevos-Obra de Cristo surgiu depois da exortação apostólica Familiaris Consortio do beato João Paulo II, e pretende servir os matrimônios oferecendo comunidades de apoio mútuo.

As atividades que realiza, para o fortalecimento da família, foram crescendo primeiro na Argentina, para depois extender-se pelo continente e Europa. Hoje está no Paraguai, Chila, Uruguai, Peru, Equador, México, Costa Rica, Guatemala, El Salvador, República Dominicana, Bolívia, Espanha e Rússia.

Proclama os valores da família como célula básica da sociedade, baseados na Palavra de Deus, que como objetivo principal mostra uma opção de vida fundamentada na valorização da dignidade de cada pessoa, no respeito mútuo dos cônjuges, na responsabilidade na educação dos filhos e na formação de cidadãos cumpridores das leis.

(Trad.TS)