Atentado em uma igreja da Tanzânia

Arusha, (Zenit.org) Redacao | 542 visitas

Dois mortos e trinta feridos, informou hoje a edição italiana do L'Osservatore Romano, foi o resultado do dramático atentado de ontem em Arusha, na Tanzânia, durante a consagração de uma nova igreja.

Entre os presentes na cerimônia estava o núncio apostólico, o arcebispo Francisco M. Padilla, que não sofreu ferimentos.

Em entrevista à Rádio Vaticana, o núncio disse que toda a comunidade está em estado de choque e expressou a solidariedade às vítimas e à Igreja local. O núncio lembrou que, embora não haja precedentes de algo assim na Tanzânia, já no passado recente os católicos daquele País viveram momentos dramáticos: por exemplo em Zanzibar um sacerdote foi assassinado e algumas igrejas foram incendiadas. Por "um ato de terrorismo perpetrado por pessoas crueis inimigas do País", disse o presidente, Jakaya Kilwete.