Aumenta fundamentalismo islâmico no Paquistão

As minorias religiosas sofrerão ulteriores violências, denuncia Fides

| 708 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 15 de novembro de 2007 (ZENIT.org).- A agência missionária da Santa Sé denuncia que, enquanto acontece neste momento o controle de grupos civis por parte do governo do Paquistão, está aumentando em algumas regiões do país o fundamentalismo islâmico, promovido por grupos Talibã.



«Centenas de combatentes islâmicos lançaram uma ofensiva e tomaram o controle da maior parte do distrito de Swat», denunciou a agência Fides, citando fontes católicas locais.

«Dezenas de soldados e policiais se renderam e entregaram as armas aos combatentes integristas, antes de retirar-se da cidade de Kalam, explicou um alto funcionário da polícia local», explica Fides.

«As minorias religiosas sofrerão ulteriores violências e perseguições»; enquanto o presidente Pervez Musharraf «reprime os legítimos movimentos da sociedade civil, os grupos radicais islâmicos se expandem».