Bento XVI almoçou com pobres de Roma

Recebem assistência da Comunidade de Sant'Egídio

| 2023 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 1 janeiro de 2010 (ZENIT.org).- Bento XVI almoçou no domingo passado com alguns dos mais necessitados que vivem em Roma e recordou que há mais alegria em compartilhar que no egoísmo.

Depois do Angelus ao meio-dia, o Papa dirigiu-se ao bairro do Trastévere para visitar uma casa da Comunidade de Sant’Egídio que assiste os pobres.

Como ele almoçaram na mesma mesa 12 pessoas necessitadas. O Papa recordou-lhes que também a família de Jesus, desde seus primeiros passos, encontrou dificuldades.

“Vocês sabem o que significa a dificuldade, mas têm alguém que os quer bem e os ajuda”, fazendo referência ao auxilio da Comunidade de Sant’Egídio.

Reconhecendo o serviço dos voluntários e membros da Comunidade, assegurou que amar e servir traz a alegria do Senhor, que diz: “há mais alegria em dar que em receber”.

“Neste tempo de particulares dificuldades econômicas, cada um deve ser sinal de esperança e testemunho de um mundo novo para quem, fechado no próprio egoísmo e iludido de poder ser feliz sozinho, vive na tristeza ou na alegria efêmera que deixa o coração vazio.”