Bento XVI: cuidai dos templos, que são expressão da Igreja viva

Ao comemorar a Dedicação da Basílica de São João de Latrão

| 712 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 9 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- O Papa explicou hoje que é importante que a comunidade cuide do templo em que se reúne para rezar, durante sua intervenção por ocasião da oração do Ângelus, na festa da Dedicação da Basílica de São João de Latrão, a primeira que se construiu após o Edito de Milão, em 313.

«Deus quer edificar no mundo um templo espiritual, uma comunidade que o adore em espírito e verdade. Mas este fato nos recorda também a importância dos edifícios materiais, nos quais a comunidade se reúne para celebrar os louvores a Deus», acrescentou o Papa.

Ele explicou que esta festa da Dedicação da Basílica Lateranense, que inicialmente se celebrava somente na cidade de Roma, estendeu-se no século XVI a toda a Igreja latina.

«Desta forma, honrando o edifício sagrado, pretende-se transmitir amor e veneração pela Igreja romana que, como afirma Santo Inácio de Antioquia, ‘preside na caridade’ da comunhão católica inteira», afirmou.

O Papa explicou que o templo material é importante porque é expressão desse «templo espiritual», que é a comunidade cristã.

«A beleza e a harmonia das igrejas, destinadas a render louvores a Deus, convida também nós, seres humanos, limitados e pecadores, a converter-nos para formar um 'cosmo', uma construção bem ordenada, em estreita comunhão com Jesus, que é o verdadeiro Santo dos Santos.»

Por isso, acrescentou, «cada comunidade tem, portanto, o dever de guardar com cuidado os próprios edifícios sacros, que constituem um precioso patrimônio religioso e histórico».