Bento XVI oferece panetones feitos por presidiários

Aos seus colaboradores da Cúria Romana

| 1358 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 (ZENIT.org) - Quinze presos de Pádua confeccionaram os 232 panetones artesanais que Bento XVI ofereceu neste ano aos seus colaboradores, benfeitores e prelados da Cúria Romana por ocasião das festas natalinas.

Uma forma de ressocialização dos presos na sociedade é ensinar-lhes alguma profissão, explicou o L'Osservatore Romano.

Dos 232 panetones, 12 foram colocados dentro de caixas que reproduzem os afrescos de Natal de Giotto, da Capela Arena, de Pádua.

As caixas foram decoradas por designers da associação italiana Cometa, dedicada ao acolhimento e a projetos socioeducativos para crianças.

O chocolate vem da Fundação Piazza dei mestieri de Turim, que trabalha com adolescentes em risco de marginalização.

Os vinhos procedem da Comunidade Terapêutica Pinocchio, de Bréscia, dedicada à recuperação física, moral e social de dependentes químicos.

Finalmente, as geleias foram feitas pelos trapistas de Vitorchiano, uma comunidade localizada a cerca de 100 quilômetros ao norte de Roma.