Bento XVI pede que se apóie renascimento do Iraque

Recorda a soldados italianos assassinados nesse país

| 642 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 14 de novembro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI pediu apoio para que o Iraque possa renascer e seus filhos recuperem a esperança.



Seu chamado ressoou na Praça de São Pedro, no Vaticano, durante a audiência geral, da qual participaram familiares dos 17 soldados e 2 civis italianos, assim como 9 iraquianos, que foram assassinados em um atentado terrorista em 12 de novembro de 2003 nesse país.

«Minha carinhosa saudação se dirige agora aos familiares das vítimas de Nasirya, que recordam seus entes queridos no 4º aniversário de sua trágica morte», afirmou.

«Que a lembrança de nossos irmãos e de quem sacrificou o bem supremo da vida pelo nobre objetivo da paz contribua para apoiar o caminho do renascimento, cheio de esperança, do querido povo iraquiano», desejou.