Bento XVI recebe em audiência o presidente búlgaro e o primeiro-ministro macedônio

Visita ao Vaticano ocorreu na festa dos Santos Cirilo e Metódio

| 906 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 25 de maio de 2012 (ZENIT.org) - Na festa litúrgica dos Santos Cirilo e Metódio, o papa Bento XVI recebeu no Vaticano as delegações das repúblicas da Bulgária e da Macedônia, lideradas respectivamente pelo chefe de Estado e pelo chefe de governo.

A visita não-oficial acontece todos os anos na festa dos santos padroeiros da Europa Oriental, durante a qual o Sumo Pontífice costuma receber delegações dos dois países eslavos.

Às 11 horas, aconteceu a audiência entre Bento XVI e o presidente da Bulgária, Rosen Plevneliev. O encontro durou cerca de dez minutos e contou com a presença de quinze pessoas da delegação búlgara, incluindo dois padres ortodoxos.

Entre os temas discutidos durante o breve encontro com o papa, que não teve necessidade de intérpretes porque ambos conversaram em alemão, esteve o recente encontro entre Plevneliev e o patriarca de Moscou, Kirill, durante a visita deste último a Sofia.

O presidente da Bulgária presenteou ao papa uma grande escultura em forma de ovo, adornada de pedras preciosas. De acordo com a cultura cristã ortodoxa, o ovo é um sinal de vida e um símbolo de ressurreição.

A audiência com o primeiro-ministro macedônio Nikola Gruevski, acompanhado por doze pessoas, incluindo três bispos de seu país, durou apenas cinco minutos.

Tanto a delegação búlgara quanto a macedônia foram recebidas pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, e pelo secretário para as Relações com os Estados, mons. Dominique Mamberti.