Bento XVI recebeu diretor do UNODOC

Maior sinergia no campo da prevenção das drogas

| 1199 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 8 de junho de 2011 (ZENIT.org) - Ao término da audiência geral dessa quarta-feira, Bento XVI encontrou-se com Yury Fedotov, diretor executivo do UNODOC, o escritório da ONU sobre drogas e crime.

Tendo presente as crescentes colaborações do UNODOC com as organizações religiosas, e reconhecendo o importante papel na promoção de sociedades sem crimes e drogas, Fedotov afirmou que, com seu 1 bilhão de fiéis, a Igreja Católica “encontra-se em uma posição privilegiada para difundir entre as pessoas mensagens chave para prevenir o crime e o uso de entorpecentes”.

A audiência com o Papa – refere um comunicado do UNODOC – representou uma ocasião para intensificar a sinergia existente com a Igreja Católica, especialmente no campo da prevenção ao uso de entorpecentes, da promoção da saúde, da luta contra a criminalidade e contra o tráfico de seres humanos.

Esses temas foram discutidos também durante os encontros que, nestes dias, o diretor executivo do UNODOC manteve com o arcebispo Dominique Mamberti, secretário para as relações com os Estados, e com o cardeal Peter Turkson, presidente do Conselho Pontifício “Justiça e Paz”.