Bento XVI recorda «grande fome» da década de 30 na Rússia

Lembra também o 70º aniversário da edição polonesa da Rádio Vaticano

| 1125 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 23 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- O Papa dirigiu hoje, após a oração do Ângelus com os fiéis reunidos na Praça de São Pedro, uma saudação especial aos peregrinos procedentes da Ucrânia, a quem mostrou sua proximidade pelos sofrimentos que este povo padeceu nos primeiros tempos do comunismo.

«Hoje celebramos o 75º aniversário do Holodomor – a grande fome – que entre os anos 1932 e 1933 causou milhares de mortes na Ucrânia e em outras regiões da União Soviética durante o regime comunista.»

O Papa expressou vivamente seu desejo de que«nenhum regime político possa jamais, em nome de uma ideologia, negar os direitos da pessoa humana e sua liberdade e dignidade», e aproveitou a ocasião para assegurar sua oração pelas «vítimas inocentes daquela enorme tragédia».

Por último, invocou a intercessão de Nossa Senhora, «para que ajude as nações a seguirem o caminho da reconciliação e construam o presente e o futuro no respeito recíproco e na busca sincera da paz».

70 anos da Rádio Vaticano em polonês

O pontífice aproveitou sua saudação aos peregrinos em língua polonesa também para felicitar os membros da Seção Polonesa da Rádio Vaticano, que celebrará amanhã o 70º aniversário do seu nascimento. O Papa agradeceu a entrega dos seus redatores e «seu generoso trabalho», além de dar-lhes sua bênção apostólica.