Bento XVI se unirá à Jornada Mundial da Rejeição da Miséria

| 907 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 4 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI se unirá à Jornada Mundial da Rejeição da Miséria no vigésimo ano de sua instituição.



Esta Jornada foi criada por iniciativa do Pe. Joseph Wresinski (1917-1988), fundador do movimento «ATD Quarto Mundo», em 17 de outubro de 1987, quando colocou no átrio do Trocadero, em Paris, uma lápide «pelas vítimas da miséria». A iniciativa foi assumida pelas Nações Unidas em 1992.

Na quarta-feira, 17 de outubro, durante a audiência geral, o Papa dirigirá uma mensagem de participação na Jornada.

A celebração oficial da Jornada acontecerá nesse dia às 18h, no átrio da Basílica de São João de Latrão, catedral de Roma, em torno da lápide que reproduz a que se encontra no Trocadero de Paris.

A lápide tem a inscrição: «Onde há homens condenados a viver na miséria, violam-se os direitos humanos. Unir-se para que eles sejam respeitados é um dever sagrado».

Esta frase original do Trocadero foi completada na lápide romana com as palavras de João Paulo II: «Nunca mais discriminações, exclusões, opressões, desprezo dos pobres e dos últimos.

Neste contexto, no domingo, 14 de outubro, o arcebispo Dominique Mamberti, secretário vaticano para as Relações com os Estados, celebrará a eucaristia às 18h na Basílica de São João de Latrão.