Bispo acompanhará a institucionalização de Ajuda à Igreja que Sofre

A Santa Sé responde ao pedido do presidente e dos diretores

| 1002 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 12 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- A Santa Sé encomendou a um bispo a tarefa de acompanhar o processo de institucionalização jurídica da obra pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre.

Segundo informou esta instituição em um comunicado enviado a ZENIT, esta decisão, que corre a cargo da Congregação para o Clero, acontece em resposta a um pedido dos diretores da obra, em particular, do padre Joaquín Alliende, seu presidente. 

Esta obra, fundada pelo monge holandês Werenfried van Straaten (1913-2003), atua em 150 países do mundo, proporcionando ajuda para a evangelização e a formação dos sacerdotes. 

Quando foi nomeado presidente, o padre Alliende, sacerdote do Chile, se encarregou de uma tarefa específica: preparar novos estatutos inspirados nos “Direcionamentos espirituais” do fundador. 

Ao finalizar-se em junho recente sua primeira redação, o presidente e os diretores pediram à Santa Sé a nomeação de um bispo para acompanhar este processo de reformulação jurídica e institucional.

Agora se deu a conhecer em Roma “a nomeação de Dom Manfred Grothe, bispo auxiliar de Paderborn (Alemanha), reconhecido especialista em obras de assistência pastoral, que assumirá suas funções em dezembro próximo”, informa a instituição. 

Mais informação em: http://www.kirche-in-not.org