Bispos pedem oração após trégua do ETA

Manifestam seu desejo de paz na região

| 956 visitas

ROMA, terça-feira, 11 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) – Os bispos do País Basco e de Navarra manifestaram seu desejo de paz e reiteraram a exigência da dissolução definitiva do ETA, após a nova declaração de trégua do grupo terrorista.

Eles se manifestaram em nota, publicada nessa segunda-feira, no mesmo dia em que o grupo informou que se comprometia com o “fim do confronto armado” e declarava um “cessar-fogo permanente e de caráter geral”.

“Após ter conhecido a declaração efetuada pelo ETA, manifestamos nosso desejo e esperança de paz e reiteramos a exigência moral de sua dissolução definitiva e incondicional”, indica a nota dos bispos.

“Pedimos ao povo cristão que intensifique neste momento sua oração, invocando Cristo como príncipe da paz e Maria como consolo dos aflitos e de todos que sofrem por causa da violência”, acrescenta.

O texto é assinado pelo arcebispo de Pamplona e Tudela, Dom Francisco Sebastián, e os bispos de Vitoria, San Sebastián e Bilbao, Miguel Asurmendi, José Ignacio Munilla e Mario Iceta.

A nova declaração de trégua do ETA não menciona que a organização terrorista confia aos agentes políticos e sociais bascos a resolução dos problemas de território.