Bons resultados do I Salão Internacional de Patrimônio, Bens e Itinerários Religiosos

Participaram sessenta empresas do setor cultural

| 894 visitas

VALENCIA, Espanha, terça-feira, 18 de setembro de 2012 (ZENIT.org) – Terminou ontem o Diké, Salão Internacional de Patrimônio, Bens e Itinerários Religiosos. Sessenta empresas do setor cultural estiveram em contato com um perfil plural de visitantes, que passaram pela feira para apreciar as ofertas e propostas deste projeto expositivo que é pioneiro na Espanha.

O presidente do Diké, Vicente Navarro de Luján, considera a recepção da feira “muito boa. É uma feira plural, em que os visitantes podem se relacionar com o mundo da Igreja, com as várias confrarias e irmandades, e observar o caráter artesanal da mostra”.

Para Navarro de Luján, a primeira feria destas características no país “conseguiu destacar o valor do patrimônio religioso através da colaboração dos próprios expositores, que mostraram peças muito significativas, e pelo desenvolvimento de jornadas sobre restauração e sustentabilidade do patrimônio, que proporcionaram muito conhecimento sobre essas temáticas”.

Entre as atividades paralelas do último dia, duas conferências foram dadas por renomados especialistas em patrimônio da Igreja, que trataram dos métodos e ferramentas para a sua correta gestão. 

O ex-ministro espanhol de Comércio e Turismo, Javier Gómez-Navarro Navarrete, um dos conferencistas, afirmou que “os gestores culturais devem explorar o patrimônio e entender que o visitante é seu cliente”. Para Gómez- Navarro, “temos que nos adaptar a uma demanda” sabendo que “os pontos principais são os gestores do patrimônio, a quem compete desenhar o produto, criar experiências e tornar a oferta atrativa”.

Outra das conferências de destaque foi organizada pelo Instituto Valenciano de Conservação e Restauração de Bens Culturais, sobre conservação preventiva e propostas de restauração de bens eclesiásticos. O grande diferencial deste instituto, desde a sua criação, é ser um centro de pesquisas. Sempre atualizado em técnicas de restauração e conservação, o centro realiza estudos científicos para compreender da melhor maneira as peças a restaurar, além de contar com grande infraestrutura científica.

Para mais informação: http://www.feriadike.es

(Trad.ZENIT)