Brasil: Menina com anencefalia completa nove meses e receberá benefício do governo

| 839 visitas

RIBEIRÃO PRETO, terça-feira, 21 de julho de 2007 (ZENIT.org).- A menina Marcela de Jesus Ferreira, que nasceu com anencefalia em Patrocínio Paulista, no interior do Estado de São Paulo (Brasil), completou nove meses de idade nessa segunda-feira, dia 20.



Trata-se de um caso raro na medicina. Os bebês com essa enfermidade (não possuem parte do encéfalo), têm previsão de vida de poucas horas ou dias.

Diante de seu desenvolvimento e quadro de saúde estável, a mãe da menina, Cacilda Galante Ferreira, decidiu entrar com um pedido de benefício social junto ao governo, para auxiliar nos cuidados de Marcela.

O benefício assistencial ao portador de deficiência foi solicitado ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), no dia 29 de junho. Segundo informa a Agência Estado, Cacilda recebeu a visita da perícia do órgão no dia 6 deste mês e uma carta chegou no sábado, avisando que a filha receberia o benefício, no valor de um salário mínimo brasileiro (R$ 380, cerca de 186 dólares americanos), a partir de setembro.

O benefício é intransferível e não poderá ser herdado por parentes do deficiente em caso de morte. A mãe utilizará o dinheiro para ajudar a pagar as despesas com a filha, como energia elétrica e fraldas, roupas e alimentos.

Marcela é cuidada pela mãe, numa casa da família, na cidade, enquanto os demais parentes, o pai e duas irmãs, moram num sítio.

A menina passa cerca de duas a três horas diárias sem o capacete de oxigênio, que, nas demais horas, fica ligado na energia elétrica. Ainda de acordo com Agência Estado, Marcela recebeu nesta terça-feira algumas vacinas, em casa, e na quarta-feira será pesada novamente na Santa Casa. Na última pesagem, ela estava com 7,5 kg. A menina mede pelo menos 62 centímetros.