Camilianos: Consulta Geral se reúne em Roma até 11 de outubro

Superiores maiores e delegados: foco na revitalização da ordem

Roma, (Zenit.org) Redacao | 463 visitas

Reorganizar a Ordem e melhorar a distribuição geográfica, com especial atenção ao espírito missionário: estes são os principais objetivos da reunião da Consulta Geral e dos superiores maiores e delegados da Ordem dos Ministros dos Enfermos (os religiosos camilianos), que acontece em Roma até o dia 11 de outubro.

O encontro, realizado anualmente, tem desta vez uma particular importância à luz do quarto centenário da morte de São Camilo de Lellis, o fundador da ordem. O encontro em Roma tem como tema central as decisões tomadas no capítulo geral, em particular o chamado "Projeto Camiliano", que visa revitalizar as atividades e otimizar os recursos humanos da ordem.

"Reorganizar a ordem significa também expandi-la, tanto quanto possível, proclamando o evangelho em todos os lugares, com atenção especial às pessoas que não conhecem o nome de Jesus Cristo", disse o pe. Renato Salvatore, superior geral.

Entre as resoluções aprovadas no último capítulo geral, destaca-se a ideia de implantar organizações não governamentais, com a colaboração dos leigos, para apoiar projetos de educação, saúde e serviços sociais, especialmente nos países mais pobres, além da obtenção dos recursos necessários mediante atividades das comunidades religiosas e ajudas de doadores, agências, instituições e cooperação internacional.

Presentes em quarenta países, os camilianos confirmam o seu compromisso com os pobres e com as pessoas que sofrem, seguindo o exemplo de São Camilo. É de se recordar que, além dos votos tradicionais de pobreza, castidade e obediência, os Ministros dos Enfermos emitem a profissão solene de um quarto voto: o do serviço aos doentes, mesmo correndo risco pessoal de vida.