Campanha da Santa Sé de adoração e «maternidade» pelos sacerdotes

Lançada pela Congregação para o Clero

| 1425 visitas

Por Jesús Colina

 

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 10 de dezembro de 2007 (ZENIT.org).- A Congregação vaticana para o Clero lançou uma campanha de adoração eucarística e de «maternidade» pela santidade dos sacerdotes do mundo.

A iniciativa foi convocada com uma carta datada em 8 de dezembro, solenidade da Imaculada Conceição, assinada pelo cardeal Cláudio Hummes e pelo arcebispo Mauro Piacenza, respectivamente prefeito e secretário da Congregação.

A campanha, segundo a carta, quer criar «um movimento espiritual que, fazendo tomar cada vez mais consciência do vínculo ontológico entre Eucaristia e sacerdócio e da especial maternidade de Maria com todos os sacerdotes, faça nascer uma rede de adoração perpétua, para a reparação das faltas e para a santificação dos clérigos».

Em particular, a iniciativa propõe «às almas femininas consagradas» que, seguindo o exemplo de Maria, adotem «espiritualmente sacerdotes para ajudá-los com a oferenda de si, a oração e a penitência».

A iniciativa pretende «encomendar a Maria, a Mãe do Sumo e Eterno Sacerdote, todos os sacerdotes, suscitando na Igreja um movimento de oração, que coloque no centro a adoração eucarística continuada durante as 24 horas».

A iniciativa busca que, «em cada lugar da terra sempre se eleve a Deus, incessantemente, uma oração de adoração, agradecimento, louvor, oração e reparação, com o objetivo principal de suscitar um número suficiente de santas vocações ao estado sacerdotal».

A carta se dirige a todos os bispos diocesanos, para que as dioceses que o desejarem se unam a esta campanha, encarregando a um sacerdote que dê seguimento e os lugares e modalidades escolhidos para a adoração.

Pode-se ler a carta, uma nota explicativa e subsídios sobre o significado da maternidade espiritual de sacerdotes em:www.clerus.org/pregate