Campanha de cartas e e-mails pedirá que os livros cristãos não sejam misturados com textos esotéricos

A partir de fevereiro, 400 voluntários de 32 das 52 províncias da Espanha participarão de uma campanha mensal

Roma, (Zenit.org) | 457 visitas

A partir de fevereiro, 400 voluntários de 32 das 52 províncias da Espanha participarão de uma campanha mensal para “evangelizar” as grandes redes de livrarias do país e pedir que os livros religiosos não sejam misturados com os de esoterismo, New Age e manuais que combinam autoajuda com espiritualidade alternativa.

A iniciativa surgiu do estudo "A Nova Evangelização nas livrarias espanholas", feito pela revista El Pensador, que aponta que 67% das livrarias do país misturam os livros cristãos com outros contrários à religião. Os resultados mostram também que 39% das livrarias não vendem livros de religião e 35% têm mais textos de filosofia ateia do que cristã. A pesquisa, feita em dezembro de 2013, abrangeu 105 livrarias de 17 províncias da Espanha.

Entre as conclusões, que serão publicadas em março, a revista afirma que “o fenômeno religioso é tratado nas livrarias de modo marginal. Em particular, o cristianismo fica diluído como oferta desvalorizada que em nada se diferencia do esoterismo e da magia (...) O discurso do Novo Ateísmo, que confunde religião com superstição, acaba sendo de certo modo avalizado pela disposição e pela composição dos livros”.

Por este motivo, El Pensador convidou os seus leitores a fazerem parte do grupo "Evangelização das Livrarias": através de cartas e e-mails para os diretores das grandes redes de livrarias, os participantes pedirão que os livros cristãos e de religião recebam o “espaço merecido” sem ser misturados com outros.

Já há voluntários dispostos a fazer o mesmo em outros países de língua espanhola.

Para saber mais: http://revistaelpensador.com