Campanha pela liberdade do bispo chinês dom Ma Daqin

Privação de liberdade do bispo se arrasta há dez meses

Roma, (Zenit.org) | 498 visitas

O bispo chinês dom Ma Daqin está preso desde o dia seguinte à sua ordenação episcopal. Por este motivo, a Associação Enraizados e o Observatório da Liberdade Religiosa, ambos da Espanha, lançaram uma campanha de coleta de assinaturas para pedir às autoridades espanholas que intercedam junto ao governo chinês pela libertação do bispo.

Dom Tadeu Ma Daqin foi ordenado bispo auxiliar de Xangai em 7 de julho de 2012. Durante a ordenação, o bispo declarou que renunciaria aos seus cargos na Igreja Patriótica, que é controlada pelo Estado chinês.

A resposta do governo chinês não tardou. Dom Ma Daqin está privado de liberdade desde o dia 8 de julho do ano passado. Durante os meses transcorridos desde então, a situação só foi se agravando. A Associação Patriótica Católica Chinesa (APCCh) e a Conferência dos Bispos Católicos da China, que depende dela, pediram a cabeça de Ma Daqin e declararam que “retiram a sua aprovação para o episcopado”.

Diante deste quadro, a Associação Enraizados e o Observatório da Liberdade Religiosa e de Consciência promovem um manifesto em que pedem que as autoridades espanholas realizem ações oportunas em âmbito internacional para conseguir a liberdade de Ma Daqin.

A base jurídica do pedido é o acordo 173/000193, firmado pelo Congresso dos Deputados do Reino da Espanha em 22 de fevereiro de 2011. Este acordo do congresso espanhol ordena ao governo do país:

- agir em defesa do direito fundamental à liberdade de consciência e de religião perante as autoridades competentes dos países em que acontecerem vulnerações do direito fundamental à liberdade religiosa e de culto;

- liderar e promover, no âmbito da União Europeia e da Comunidade Internacional, quantas iniciativas forem pertinentes para proporcionar uma efetiva proteção às minorias cristãs nos países do Oriente Próximo e nos demais países da Ásia e da África.

O manifesto pode ser assinado online em http://enraizados.org/2013/05/19/adhierete-al-manifiesto-por-la-libertad-del-obispo-ma-daqin/.