Cardeal Bertone: forças armadas estão a serviço da paz

Palavras do secretário de Estado ao bispo castrense militar da Itália

| 856 visitas

ROMA, segunda-feira, 14 de janeiro de 2008 (ZENIT.org).- O cardeal Tarcisio Bertone considera que o papel das forças armadas consiste em estar a serviço da paz.

O secretário de Estado sublinhou isso ontem, ao celebrar a Jornada da paz organizada em Roma pelo Ordinariato Militar para a Itália.

Pela primeira vez, o rito foi presidido na igreja de Santa Catarina de Sena, no centro da capital, pelo cardeal secretário de Estado, que entregou a militares e capelães a mensagem de Bento XVI por ocasião da Jornada Mundial da Paz.

O purpurado prestou homenagem àqueles «que pagaram com o preço da vida» o seu serviço pela paz, «garantindo uma oração por suas almas e renovando sua proximidade espiritual às famílias».

Para o purpurado, «no enorme canteiro da paz mundial, as forças armadas têm um papel específico: estão a serviço da paz, como é percebido cada vez mais pela opinião pública e como demonstram tantas missões humanitárias».

Em particular, o cardeal Bertone sublinhou que «a paz que desejamos para a humanidade» é «a paz que não nos cansamos de invocar com a oração e de edificar com incessante esforço; a paz que nasce antes de tudo em nós mesmos, quando conseguimos apagar em nosso coração o fogo violento do ódio, dos ciúmes, do egoísmo, da indiferença».