Cardeal Cordes leva ajuda de Bento XVI ao Haiti

Especialmente para reconstruir uma escola após o terremoto

| 1341 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 16 de julho de 2010 (ZENIT.org) - O cardeal Paul Josef Cordes, presidente do Conselho Pontifício Cor Unum, visitará o Haiti para levar ajuda do Papa, em particular, para a reconstrução de uma escola destruída pelo terremoto.

A visita do purpurado alemão está prevista para o dia 22 de julho, por ocasião da viagem que nesses dias realizará à vizinha República Dominicana para participar da reunião do Conselho de Administração da Fundação Populorum Progressio.

Nesse encontro se decidirá, além disso, o financiamento de 20 projetos de desenvolvimento no Haiti por parte da Fundação do Papa, que pretende ser um gesto de caridade para com os mais abandonados e necessitados de proteção, como as populações camponesas, indígenas e afroamericanas da América Latina e do Caribe.

NO contexto da reunião, segundo informa hoje um comunicado divulgado pela Sala de Imprensa da Santa Sé, uma delegação da fundação, presidida pelo cardeal Cordes tem previsto realizar, no dia 22 de julho, uma visita ao Haiti.

"A delegação realizará visitas aos campos de refugiados gestionados pela Igreja Católica e celebrará a Eucaristia junto à igreja local, em um deles", revela a Santa Sé.

Na tarde dos dia 22 de julho, na sede da Nunciatura Apostólica, haverá uma reunião com os representantes das organizações humanitárias presentes no Haiti, realizando uma visita à sede da Cáritas nacional.

Por ocasião da visita, o cardeal Cordes, "em nome do Santo Padre, destinará 250 mil dólares, primeira entrega de fundos para o projeto de reconstrução da escola Saint François de Sales, em Porto Príncipe, destruída durante o sismo; da mesma forma, realizará uma doação à Cáritas Haiti, sempre em nome do Santo Padre".