Cardeal Maradiaga visita refugiados na Jordânia

A Caritas Internacional ajuda cerca de 350.000 refugiados sírios na Jordânia

Roma, (Zenit.org) Redacao | 330 visitas

Cardeal Oscar Rodriguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa e presidente da Cáritas Internacional, se reuniu com um grupo de cerca de 400 cristãos sírios refugiados em 18 de maio no Centro de Nossa Senhora da Paz, em Amã, na Jordânia. O cardeal foi para Amã para se reunir com lideranças da Caritas.

"Eu trago uma mensagem de solidariedade do Papa Francisco e da Igreja a vocês e a todos os refugiados sírios", disse o Cardeal Rodriguez.

O evento, organizado pela Caritas Jordânia começou com a saudação de boas vindas do Padre Imad Twal, diretor do centro. Os delegados foram informados sobre a história da crise na Síria pelo Padre Rifa't Bader, diretor do Centro Católico para as Mídia e Estudos da Jordânia.

As famílias sírias tiveram a oportunidade de falar com o cardeal Maradiaga e a delegação. "Eles compartilharam suas histórias pessoais, as agonias e as preocupações de um vago futuro para suas famílias e as crianças", afirma em nota divulgada pela Caritas.

O encontro incluiu uma sessão de artesanato para crianças sírias e uma oficina psicossocial para os jovens. Médicos e dentistas da Caritas Jordânia estavam disponíveis para check-ups e consultas.

O Cardeal distribuiu vale alimentação às famílias. A Caritas Jordânia com o apoio da Caritas Internacional ajuda cerca de 350.000 refugiados sírios na Jordânia. Ele também disse que estava feliz porque a Jordânia está ajudando os refugiados.

"O Papa Francisco escolheu a Jordânia a fim de demonstrar solidariedade e apoio total para o povo da Jordânia e hospitalidade", disse o arcebispo de Tegucigalpa. E destacou ainda que o Santo Padre deseja que a sua visita seja um apelo à paz, em resposta aos conflitos que o Oriente Médio está testemunhando.

Além disso, Wael Suleiman, diretor da Caritas Jordânia, disse que a reunião anual foi realizada na Caritas Jordânia este ano, em resposta à difícil situação que a região enfrenta.

Por fim, o Cardeal Rodriguez Maradiaga presidiu a Santa Missa reunindo todos para rezar pela paz na Síria e no Oriente Médio.

(Trad.:MEM)