Cardeal McCarrick insta a recuperar planeta

Encerrado o Simpósio sobre meio ambiente na Groelândia

| 1073 visitas

NARSARSUAQ, sexta-feira, 14 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- A beleza da criação de Deus está sendo destruída, e os crentes de todos os credos deverão trabalhar juntos para deter a destruição, disse o cardeal Theodore McCarrick.



O arcebispo emérito de Washington, D.C., falou na terça-feira, através da Rádio Vaticano, sobre a necessidade de proteger o meio ambiente. Suas declarações aconteceram a partir de sua participação no sétimo simpósio organizado pela ONG «Religião, Ciência e Meio Ambiente», que concluiu em 12 de setembro.

O simpósio, no qual se reuniram líderes religiosos e sociais na Groelândia, contou com o patrocínio do patriarca ortodoxo Bartolomeu I.

O cardeal McCarrick declarou que «este é um lugar santo, devido à obra de Deus. O Senhor nos entregou este mundo, esta beleza, que tem uma importância extraordinária para o bem-estar do mundo inteiro. Estando aqui, podemos dar graças a Deus por este mundo, graças por este lugar, graças pela oportunidade de viver e habitar nestes lugares, porque esta é sua casa».

«Mas – acrescenta o cardeal de 77 anos – também sabemos que é necessário fazer algo de maneira que a grandeza do mundo siga adiante, a beleza do mundo, a santidade do mundo. Estamos aqui para dizer que somos uma família e que devemos salvaguardar a casa da família.»

Na segunda-feira, os participantes visitaram Nuuk, sede da única igreja católica na Groelândia. O cardeal McCarrick animou as pessoas de todas as religiões a trabalharem juntas para proteger o meio ambiente.

«Vimos esta beleza, mas também temos de ver, lamentavelmente, que tudo isso está sendo destruído – concluiu. Creio que devemos participar e unir-nos para poder fazer algo bom neste momento, para o futuro do mundo e das futuras gerações.»