Cardeal Sandri é confirmado como prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais

O papa nomeou ainda os novos membros e consultores do dicastério e confirmou os cardeais já membros até o final do seu mandato

Roma, (Zenit.org) Redacao | 375 visitas

O papa Francisco confirmou o cardeal Leonardo Sandri e monsenhor Cyril Vasil', SJ, respectivamente como prefeito e secretário da Congregação para as Igrejas Orientais.

Francisco nomeou também, entre os membros da congregação, Suas Beatitudes Ibrahim Isaac Sidrak, patriarca de Alexandria dos Coptas, e Louis Raphael I Sako, patriarca da Babilônia dos Caldeus. São membros da congregação, além deles, o cardeal Agostino Vallini, vigário geral de Sua Santidade para a diocese de Roma, e os arcebispos William Charles Skurla, de Pittsburgh dos bizantinos, Pietro Parolin, de Acquapendente e secretário de Estado do Vaticano, Gerhard Ludwig Müller, emérito de Regensburg e prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Vincent Gerard Nichols, de Westminster, Mario Aurelio Poli, de Buenos Aires, Joseph Edward Kurtz, de Louisville, Walmor Oliveira de Azevedo, de Belo Horizonte, Denis James Hart, de Melbourne, e Joseph Werth, bispo da Transfiguração em Novosibirsk.

Foram confirmados como membros da congregação para mais cinco anos os cardeais Christoph Schönborn e Jean-Louis Tauran, Sua Beatitude Fouad Twal e os bispos Berhaneyesus Demerew Souraphiel, Piero Marini, Ján Babjak e Antoine Audo.

Até o final do respectivo mandato, também foram confirmados os cardeais Tarcisio Bertone, Dionigi Tettamanzi, Angelo Scola, Marc Ouellet, André Vingt-Trois, Angelo Bagnasco, Reinhard Marx, Timothy Michael Dolan, William Joseph Levada, Francesco Monterisi, Kurt Koch, Fernando Filoni, Edwin Frederick O'Brien e mons. Peter Bürcher.

Como consultores das Igrejas Orientais, foram nomeados dom Dimitrios Salachas, bispo de Gratianopolis; os padres Massimo Pampaloni, SJ, Philippe Luisier, SJ, Michael Kuchera, SJ, Lorenzo Lorusso, OP, Georges Ruyssen, SJ, Thomas Pott, OSB, Pablo Gefaell, PG, Ronald Roberson, CSP, mons. Paul Pallath, Adam Konštanc, OP, mons. Guido Marini e George Gallaro.

Estão confirmados no mesmo cargo os monsenhores Christo Proykov, Hanna G. Alwan e Borys Gudziak, bem como os reverendos pe. Michel Van Parys, OSB, mons. Michel Berger, mons. Osvaldo Raineri, pe. Jan Sergiusz Gajek, MIC, mons. Natale Loda e pe. Vasyl Hovera.