Cardeal Tauran é o enviado especial do papa ao santuário de Budslau

centenário da chegada do Ícone da Santíssima Virgem Maria a Budslau, na arquidiocese de Minsk, Bielorrússia, programada para 5 de julho.

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 481 visitas

Foi publicada a carta em latim, datada de 30 de maio, em que o papa Francisco nomeia o cardeal Jean-Louis Tauran, presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso, como seu enviado especial para a celebração de encerramento do quarto centenário da chegada do Ícone da Santíssima Virgem Maria a Budslau, na arquidiocese de Minsk, Bielorrússia, programada para 5 de julho.

A missão que acompanha o cardeal é composta pelo pe. Viktar Burlaka, OFM, pároco em Budslau e responsável pelo santuário mariano nacional de Budslau, e pelo pe. Uladzislau Zavalniuk, pároco da igreja de São Simão e Santa Helena em Minsk.