Carmelitas chegam aos fiéis através da internet

| 700 visitas

ROMA, domingo, 17 de junho de 2007 (ZENIT.org).- Inclusive os contemplativos estão usando a internet para difundir a mensagem de Cristo.



O prior geral dos Carmelitas, padre Joseph Chalmers, revela que os religiosos contemplativos estão preparados para que Deus «nos use de um modo oculto para estender seu plano de salvação da humanidade».

E em um mundo em transformação isso significa «usar a nova tecnologia para chegar às pessoas – explica a Zenit o padre Chalmers –. Cada província tem seu próprio site. Também temos um boletim internacional que está disponível na rede».

«Enviam-se notícias regularmente à família carmelita através de mensagens de correio eletrônico. Temos um museu de arte carmelita em preparação» (cf. carmelitas.info).

Galerias, livros antigos e inclusive música e mostras da arquitetura carmelita, o museu virtual proporciona uma visão da espiritualidade e da história contemplativas. E se expõem, por exemplo, obras do Monastério de Boxmeer, na Holanda.

Os Carmelitas estão usando também a internet para preparar-se a seu capítulo geral deste outono. Em setembro, os contemplativos se reunirão para considerar «In Obsequio Jesu Christi: Comunidade Orante e Profética no Mundo em Mudança». O site inclui documentos preparatórios e uma oração em 11 idiomas.

Aos visitantes do site se lhes anima também a rezar com os carmelitas: a Liturgia das Horas se apresenta em vários idiomas.

O prior de 55 anos explica a Zenit: «Há modos normais de rezar, ensinar, escrever, etc., e também se usam as novas tecnologias. No entanto, no Carmelo se dá uma ênfase particular à contemplação. Nós gradualmente abrimos nossas vidas cada vez mais a Deus».