"Casamento Gay na França, o peso de escolhas políticas insensatas cai sobre crianças"

SOS crianças apoiará todos os protestos pacíficos contra as leis laicistas

Paris, (Zenit.org) | 650 visitas

"As consequências da lei francesa do “casamento” gay cairão principalmente sobre os pequenos, privados da possibilidade de ter uma família normal, composta por um pai e uma mãe, fato que a psicologia moderna considera essencial para o seu desenvolvimento normal”. Filippo Campo, responsável pela campanha SOS Crianças, comenta desta forma o “sim” da Assembléia nacional francesa à lei do casamento e da adoção de crianças por casais do mesmo sexo.

"A campanha Sos Crianças – continua Campo – que há duas décadas defende a inocência das crianças contra os assaltos de legislações laicistas, não pode não elevar uma voz de protesto, anunciando que sustentará as várias manifestações de reação pacífica e legal que estão sendo preparadas além dos Alpes. Um tal desprezo da lógica democrática, que define o poder público expressão da vontade popular, não é um bom sinal e só pode ser explicado porque o governo socialista de François Holland está com o mínimo histórico de consensos e, portanto, dificilmente será reeleito. Melhor impor agora a agenda da esquerda – conclui o responsável do SOS crianças – passando por cima da vontade dos cidadãos, que em números crescentes se manifestaram contra esta medida".