Católicos chineses ajudam sobreviventes do terremeno devastador de Yunnan

Várias dioceses do País lançaram uma corrente de oração pelas vítimas e sobreviventes, junto com uma coleta de bens e materiais de primeira necessidade a ser enviado para aqueles que mais precisam.

Roma, (Zenit.org) Redacao | 440 visitas

Os católicos de toda a China estão na vanguarda para ajudar, com orações e bens materiais, os sobreviventes do devastador terremoto que abalou a província do Yunnan no último 3 de agosto. O tremor ocorreu a 10 Km de profundidade na região de Zhaotong: com uma magnitude de 6,5 na escala Richter, o terremoto matou mais de 380 pessoas e feriu milhares de pessoas. Mais de 12 mil casas desabaram, e 30.000 mostram graves danos estruturais: os evacuados são quase 60 mil, informa a Agência Asia News.

A Hebei Jinde Charity, organização católica de voluntariado, enviou alguns dos seus representantes da área afetada. De acordo com as informações apresentadas, a situação é calamitosa: a população vive embaixo de chuvas torrenciais que bloqueiam as ruas, a eletricidade acabou e falta abrigo e medicamentos. Grande parte da ajuda, governamentais e privadas, está parada a cerca de 6 Km da área afetada por causa dos deslizamentos de terra que impedem os transportes.

Várias dioceses do País lançaram uma corrente de oração pelas vítimas e sobreviventes, junto com uma coleta de bens e materiais de primeira necessidade a ser enviado para aqueles que mais precisam. A Jinde pediu aos católicos para "rezar por estes irmãos afetados, oferecendo amor aos sobreviventes e prestando atenção às notícias que chegam. Esperemos que possamos chegar à área afetada o mais rápido possível".