Católicos orientais ou latinos: uma só Igreja, explica Papa

Ao receber os bispos da Ucrânia

| 882 visitas

CASTEL GANDOLFO, segunda-feira, 24 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI explicou que ainda que entre os católicos se dê o rito latino e os ritos orientais, todos formam uma só Igreja.



Foi a mensagem que ele deixou nesta segunda-feira, ao receber em audiência em Castel Gandolfo, em visita «ad limina apostolorum», os bispos de rito latino da Ucrânia, que estiveram acompanhados também por bispos greco-católicos (de rito oriental, que compartilham tradição com os irmãos ortodoxos).

«Na variedade de seus ritos e das tradições históricas, a única Igreja Católica anuncia e testemunha em todo lugar da terra o mesmo Jesus Cristo, Palavra de salvação para cada homem e para todo homem», explica o Papa em seu discurso.

«Por este motivo, o segredo da eficácia de todo nosso projeto pastoral e apostólico está antes de tudo na fidelidade a Cristo», declarou.

O Papa pediu que se intensificasse a colaboração entre os bispos latinos e os greco-católicos na Ucrânia «pelo bem de todo o povo cristão».

Em particular, ele lhes propôs celebrar «ao menos um encontro que reúna os bispos de rito latino e os de rito greco-católico, para que se dê um adequado acordo entre todos, com o fim de oferecer uma ação pastoral mais harmoniosa e eficaz».