Celebração do Pentecostes reúne milhares de fieis na capital do Brasil

Orientações da coordenação geral de Pentecostes 2014 aos fiéis

Brasília, (Zenit.org) Redacao | 379 visitas

Deu-se início, do dia 1º a 5 de junho a Celebração de Pentecostes da paróquia São Pedro localizada em Taguatinga, na capital do Brasil, considerado, pelos organizadores, como o maior evento paroquial do mundo.

A partir de hoje, até o domingo, dia 8, a programação passa a se desenvolver no Taguaparque, local mais espaçoso, à causa do elevado número de fieis participantes, que pode chegar a 1 milhão por dia.

Nesses três últimos dias, cada fiél é convidado a levar 3 velas que serão consagradas à Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

O evento também será transmitido ao vivo pelo site www.pentecostes2014.com.br ou pelo Youtube, uma novidade para este ano, como também pode-se acompanhar em tempo real através das redes sociais: facebook, twitter e instagram.

Estrutura

Este ano, os fiéis poderão contar com uma estrutura ainda maior. Uma das novidades é que o público não precisará sair do interior do Taguaparque para se alimentarem. Serão nove praças de alimentação e inúmeros pontos de vendas de água. Haverá também pontos de apoio, como tenda de achados e perdidos, dois postos de atendimentos do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal e um Posto de Comando Móvel Local da Polícia Militar.

Orientações da coordenação geral de Pentecostes 2014

Em todos os locais de celebração haverá dispositivos de segurança providenciados pela Secretaria de Segurança Pública através dos órgãos a ela vinculados e pela própria Paróquia São Pedro através de segurança privada, brigadistas e pelo pessoal de apoio da organização do evento.

Aos fiéis que irão participar da Semana de Pentecostes, tanto na Paróquia São Pedro quanto no Taguaparque a coordenação recomenda:

a)     Procurem chegar com a devida antecedência para ocupar com mais facilidade um bom local no estacionamento de veículos, bem como ocupar um local mais próximo ao altar, evitando assim a correria de última hora;

b)     Evitem portar e ostentar bens de valores que possam atrair a atenção e a ação de criminosos durante o deslocamento para as celebrações ou nos locais das mesmas;

c)     Tragam equipamentos de proteção ante o sol forte ou chuvas ocasionais;

d)     Ao chegar para as celebrações no Taguaparque procurem adentrar pelo portão que estiver mais vazio, mesmo que isso demande deslocamento um pouco maior;

e)     Orientem aos acompanhantes em relação à barraca de achados e perdidos, para o caso de extravio de pessoas ou pertences;

f)      Busquem sempre a orientação do pessoal de apoio que estará identificado pela camiseta da Paróquia, nos casos de qualquer necessidade;

g)     Procurem facilitar o trabalho do pessoal de apoio por ocasião do ofertório, atentando-se quanto à pessoa não credenciada. Os animadores informarão as características do pessoal devidamente credenciado;

h)     Ao término das celebrações procurem sair com muita calma, buscando os portões com melhor acessibilidade, evitando assim qualquer tumulto que possa colocar em risco a segurança e a integridade física dos fiéis;

i)       Em todas as situações busquem sempre acatar as orientações do pessoal da organização, evitando assim qualquer problema;

j)       Utilizem a praça de alimentação implantada pela Paróquia na área interna do Taguaparque, evitando-se com isso qualquer incidente ou acidente fora do local do evento.

A coordenação geral da Semana de Pentecostes solicitou à Secretaria de Transportes do GDF que fizesse gestão junto às empresas de transportes públicos do Distrito Federal e entorno para que amplie o número de ônibus das linhas que dão acesso à Paróquia e ao Taguaparque nos dias e horários das Missas. Os horários das celebrações serão os mesmos do ano anterior, mas mesmo assim a programação com os respectivos horários serão distribuídas na Paróquia, e no site www.renascidosempentecostes.com.br podem-se obter informações completas da programação. 

(Com informações da equipe Renascidos em Pentecostes/ TS)