CNBB e Cáritas Brasileira participam de campanha mundial contra a fome

Durante o lançamento, foi exibido uma vídeo-mensagem do papa Francisco, incentivando a Campanha da Cáritas. Link do vídeo.

Brasília, (Zenit.org) Redacao | 322 visitas

Na celebração do Dia Internacional dos Direitos Humanos, nesta terça-feira, 10, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas Brasileira, em consonância com a Cáritas Internacional, realizaram o lançamento da campanha "Uma família humana, pão e justiça para todas as pessoas". O lançamento ocorreu na sede da CNBB, em Brasília (DF).

A campanha, que se prorrogará até 2015, quer sensibilizar a sociedade para a reflexão sobre a realidade da fome, da miséria e da desigualdade. “Nós temos caminhado muito, mas ainda há muita gente que passa fome no mundo. E nós não queremos que nenhum irmão nosso passe fome”, afirmou na solenidade o secretário geral da CNBB e bispo auxiliar de Brasília, dom Leonardo Steiner.

O presidente da Cáritas Brasileira e bispo de Santarém (PA), dom Flávio Giovenale, disse que a Campanha mundial quer relembrar a meta estabelecida pelas Nações Unidas de reduzir pela metade o número de pessoas que vivem em extrema pobreza, até 2015. “Juntando esforços, podemos fazer isso. Queremos mobilizar as pessoas e comunidades na transformação dessa realidade”, declarou.

Na solenidade, a diretora executiva da Cáritas Brasileira, Maria Cristina dos Anjos, explicou que a Campanha “quer unir a humanidade como uma família e fazer que esta família, unida, assuma a causa do combate à fome e à pobreza até que sejam extintas”. Também participaram a representante do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, pastora Cacielen Nobre, da igreja Presbiteriana Unida; e o assessor da secretaria geral da Presidência da República, Selvino Heck.

Apoio do Papa

Durante o lançamento, foi exibido uma vídeo-mensagem do papa Francisco, incentivando a Campanha da Cáritas. “Estamos diante do escândalo mundial de cerca de um bilhão de pessoas que ainda hoje passam fome. Não podemos virar as costas e fazer de conta que isto não existe. O alimento que o mundo tem à disposição pode saciar todos”, disse o pontífice.

Em uma breve palestra, o representante do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Irio Luiz Conti, apresentou dados alarmantes. No Brasil, são mais de 16 milhões de pessoas que passam fome, e mais da metade dessas pessoas vivem na região nordeste do país.

Assista o vídeo: 

http://www.youtube.com/watch?v=6XPUl_VTtGo

(Fonte: CNBB)