Colômbia: núncio encoraja a insistir até alcançar a paz

97ª Assembleia Plenária da Conferência Episcopal acontece em Bogotá

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) Redacao | 248 visitas

Na abertura da 97ª Assembleia Plenária do episcopado colombiano, que se realiza em Bogotá, dom Ettore Balestrero, núncio apostólico na Colômbia, falou aos bispos sobre vários temas conjunturais, tanto eclesiais quanto nacionais.

O núncio apresentou em nome do papa Francisco a sua mensagem de apoio e de compromisso com a Igreja católica na Colômbia, ressaltando o trabalho em favor da reconciliação e da paz em todo o território do país.

Ao tocar no tema da paz, dom Balestrero afirmou que a Igreja católica deve se envolver plenamente na construção e na reconciliação do país, mesmo não conhecendo expressamente o conteúdo dos acordos feitos até o momento em Havana entre o governo da Colômbia e as Farc.

"É importante reforçar a importância e o capital da reconciliação para o bem profundo da comunidade e da totalidade do corpo eclesial. Mais ainda num país católico como a Colômbia, onde até os guerrilheiros são católicos e, quando se reintegram, têm a necessidade de se reconstruir também", disse o representante do papa no país.

Diante do panorama nacional, o núncio observou que, depois da reeleição do presidente Juan Manuel Santos Calderón, os colombianos vivem um ambiente de polarização e divisão. Ele convidou os prelados a continuarem encorajando o governo a responder às preocupações fundamentais dos cidadãos.

Balestrero aplaudiu, por fim, o trabalho que a Igreja colombiana vem realizando, com base nas orientações do papa Francisco, para resolver o sério problema dos abusos sexuais cometidos por membros do clero.