Começa hoje a Semana Nacional da Vida

A ser realizada de 1º a 7 de outubro. Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB publicou o subsídio Hora da Vida

Brasília, (Zenit.org) Pe. Rafael Fornasier | 617 visitas

Na agenda de celebrações para o Ano da Fé, foi comemorado, no dia 16 de junho deste ano, o Dia da Encíclica Evangelium vitae (Evangelho da Vida). Durante a celebração da Eucaristia presidida pelo Papa Francisco, ele afirmou: “Deus é o Vivente, é o Misericordioso. Jesus traz-nos a vida de Deus, o Espírito Santo introduz-nos e mantém-nos na relação vital de verdadeiros filhos de Deus. Muitas vezes, porém – sabemo-lo por experiência –, o homem não escolhe a vida, não acolhe o ‘Evangelho da vida’, mas deixa-se guiar por ideologias e lógicas que põem obstáculos à vida, que não a respeitam, porque são ditadas pelo egoísmo, o interesse pessoal, o lucro, o poder, o prazer, e não são ditadas pelo amor, a busca do bem do outro. É a persistente ilusão de querer construir a cidade do homem sem Deus, sem a vida e o amor de Deus.”

Neste sentido, a Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB continua a fomentar no Brasil, através de nossas comunidades paroquiais, da Pastoral Familiar, dos serviços, movimentos familiares, o desejo de não somente transmitir a fé, mas as obras que desta devem brotar, como, por exemplo, a conscientização, a formação, a educação e o compromisso em favor de uma cultura da vida e pela vida.

Particularmente durante a Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro, celebrados no início deste mês de outubro, a Comissão, buscando auxiliar as diversas iniciativas em favor da vida, publicou o subsídio Hora da Vida, que traz roteiros de encontros inspirados no tema proposto para esta semana: Cuidar da vida e transmitir a fé. O tema escolhido está na esteira das celebrações do Ano da Fé, cuja proposta se fundamenta na missão de toda Igreja visando a Nova Evangelização e a transmissão da fé em nossas famílias, comunidades e na sociedade, como aponta a nova Encíclica Lumen fidei (Luz da fé).

Portanto, como recentemente o recordou o Papa Francisco, neste contexto da Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro, todos são chamados a aumentar cada vez mais a consciência de que a vida deve “sempre ser defendida, já desde o ventre materno, reconhecendo ali um dom de Deus e garantia do futuro da humanidade, mas também na atenção aos mais velhos, especialmente aos avós, que são a memória viva de um povo e transmissores da sabedoria da vida.” (Mensagem para a Semana Nacional da Família no Brasil – 2013)